O paradigma latino: Crise das percepções (Português e Espanhol)

Se algo tem em comum os países da América latina é sua formação social histórica. Independente do país ou idioma, todos apresentam características muito parecidas devido ao processo evolutivo da região, derivado da colonização baseada na exploração de recursos majoritariamente ibérica. A concentração de poder e renda em uma pequena parcela da população frente a…

Leia mais

Lingua Franca (Português/Inglês)

O conceito de um mundo onde todos falam uma única língua sempre foi entendido como uma possibilidade de unificação dos povos, evitar conflitos causados pela má interpretação e, apesar de tudo, para facilitar a interação humana. Bíblico. Ideias opostas muitas vezes levam a conflitos desnecessários; seja a guerra propriamente dita ou uma troca comercial malsucedida.…

Leia mais

Área de Defesa no Brasil: avanços e limitações

Com a redemocratização no Brasil, as políticas públicas passaram por um período de revisão, redefinição e readaptação ao novo contexto nacional. Em democracias representativas, as políticas públicas devem (em tese) resultar de intensa interação entre os diferentes atores políticos e sociais, que buscam estabelecer princípios norteadores para a implantação de ações e medidas de combate…

Leia mais

O atual perfil econômico e estratégico da China

As grandes transformações na estrutura econômica e produtiva global incidem na consolidação de perfis geoestratégicos de países que hoje em dia se destacam por sua participação internacional. Precisamente, no Dicionário da Real Academia da Língua Espanhola¹, o termo “estratégico” se define como “Se diz de um lugar (…) de importância decisiva para o desenvolvimento de…

Leia mais

Atores Marginais

Assim como toda ciência, ou método investigativo científico, as Relações Internacionais precisam eleger uma série de ferramentas e pressupostas para realizar sua análise. Um conceito central é a existência e determinação dos agentes, ou atores (na linguagem das RIs), sendo eles o Estado-nação e as Organizações Internacionais (OI). Todos os demais agentes sociais devem ser…

Leia mais

Teoria e Prática nas Relações Internacionais: pares em constante transformação

A filosofia política sempre enfrentou uma questão central: pensar o governo ideal para a sociedade. Na busca por um modelo político de organização da vida social, os pensadores clássicos enveredaram por ricas reflexões acerca de princípios fundamentais sobre liberdade, autoridade e legitimidade. A maior parte deles ocupou-se, porém, das coletividades sociais voltadas para dentro, sendo…

Leia mais